Resgate doAdmiral Graf Spee
Por: Vinicius Claret
 

 

O "Admiral Graf Spee" era chamado de encouraçado de bolso, pois foi construído sobre os termos do Tratado de Versalles que, após a Primeira Guerra Mundial, limitava o armamento que a Alemanha poderia possuir. Apesar de somar apenas 50.000 Toneladas foi considerado uma obra prima da engenharia naval alemã.
Após combater os navios ingleses (HMS Ajax, HMS Achilles e HMS Exeter) no Atlântico Sul o encouraçado avariado, foi se abrigar no porto de Montevidéu, Uruguai no interior do Rio de la Prata. Dias depois, foi intimado pelo governo Uruguaio a deixar o porto, porém os três cruzadores ingleses o aguardavam em alto mar.
Em 17 de dezembro de 1939 o comandante Langsdorff do Graf Spee", para não entregar seu navio aos ingleses, desembarcou boa parte da tripulação, deixou o porto e pouco tempo depois fez com que o encouraçado fosse pelos ares e afundasse completamente.

 

Encouraçado Admiral Graf Spee
Posição do naufrágio em frente a Montevidéu
Langsdorff dirigiu-se Buenos Aires onde em 20 de dezembro pos fim a própria vida em um quarto de hotel.
O encouraçado Graff Spee permaneceu em descanso até 2000 quando os trabalhos
de resgate de seus destroços foram autorizados.
 

 
O Resgate da Águia Nazi

Montevidéu - Com o apoio de Alfredo Etchegaray o dono do direito de exploração do encouraçado GRAF SPEE foi encontrado no porto de Montevidéu um dos mais terríveis símbolos de nossa história.
A águia com seus dois metros de altura e dois metros e oitenta de largura se medida das pontas de suas asas, carrega cravada em suas garras uma corroa que tem em seu centro uma suástica símbolo nazista que representou a idéia de um governista que semeou o terror no mundo durante a Segunda Grande Guerra.
Essa volta aos anos de 1939, faz relembrar tempos difíceis e reflexões dos horrores daquela época.
 

Na proa do Graf Spee, a esquerda,
está colocada a águia, que segur
a pelas garras a suástica nazista,
vista no detalhe a direita.
 
É realmente impressionante o que esse símbolo "único no mundo", (uma vez, segundo os alemães foram retirados do mundo qualquer símbolo que fizesse lembrar o nazismo de Ritler), feito em bronze, pesando ao redor de 350 quilos, retirado da popa deste vaso de guerra com seus 145 parafusos de ... polegadas desaparafusados um a um está produzindo nas pessoas que vem visitá-lo.
Ao redor de quinze metros de profundidade, o "jefe de los busos" como é chamado em espanhol o reponsável pela operação de mergulho Héctor Bado contou que mais ou menos por acaso encontraram a águia.
  Todo o tempo sabiam da existência deste símbolo, mas devido a visibilidade zero do local

 
e as grandes correntezas que podem girar até 360° que tornam este mergulho muito difícil de se realizar, e sem poder contar com auxílio de bússola tinham o tato como principal aliado. Após algum tempo de mergulho encontraram no convés uma peça que indicou o caminho para lhes conduzir ao que não foram buscar (este mergulho tinha como objetivo a retirada de um canhão) e encontraram o que era mais precioso.
Após tatear o símbolo e confirmar que era a Águia Nazi, decidiram conduzir uma operação que visava na retirada dos 145 parafusos que a prendia na popa na parte frontal do casco, tal como uma carranca nazi.
Na proa deste navio também estão localizadas as cabines dos oficiais e uma vez que, durante todos esses anos este Vaso partido ao meio vem mergulhando em um poço de lama cada vez mais profundo, teoricamente esta lama pode estar conservando toda a documentação deixada à bordo desde aquela época.
O navio não pode ser cortado e toda peça que sai tem que ser retirada por desmontagem sem corte.

 

Por isso a próxima etapa será a retirada da torre de comando de muitas toneladas que por
todo o seu peso foi sustentada no convés simplesmente pela força gravitacional sem ao menos um pingo de solda.
O propósito de todo esse trabalho é criar um museu em Montevidéu.

 


O afundamento do Graf Spee também teve ecos no Brasil. O almirante Hardwood e os cruzadores que participaram da ação de cerco ao vaso alemão, em sua subida pela costa brasileira acabaram por provocar o naufrágio do cargueiro alemão Wakama na costa de Búzios, RJ.


A águia com a temida suástica nas garras

 


 
História

Em 1929 a Alemanha decidiu construir novos encouraçados, o objetivo deste programa de construção naval visava substituir a velha frota de encouraçados.
Este programa visava uma blindagem superior, uma artilharia de nível superior, e deveriam ser velozes para isso estes Vasos de guerra não poderiam ultrapassar as 10.000 toneladas e um desses encouraçados foi o Graf Spee.
No dia 13 de dezembro de 1939 enquanto fazia sua patrulha o comandante do Graff Spee se deparou com 3 navios da esquadra inglesa a 280 milhas de Punta del Este e as 06:20 da manhã decidiu que era hora de disparar contra seus inimigos com seus canhões de 280 mm, travando uma batalha que é conhecida como a "Batalha do Rio de la Plata" contudo esta batalha ocorreu nas águas do Atlântico Sul.
Hans Langsdorf de 43 anos de idade que se viu derrotado perante ao cerco de três navios ingleses Ayax, Achiles e Exeter que travaram uma batalha na Bacia do Rio de


Uma das âncoras do Graff Spee ornamenta
a entrada do memorial em Montevideu.
 
la Plata naquela época, deixando o capitão do Graf Spee com uma única saída, explodir o encouraçado no dia 17 de dezembro de 1939.
O Graff Spee foi um dos mais terríveis encouraçados da frota alemã, com grande poder de fogo seu objetivo era patrulhar as águas do Oceano Atlântico e fez sucumbir nove navios cargueiros que levavam na época suprimentos às forças aliadas em seus cem dias de atuação nesta área.
O comandante depois de todo acontecido decidiu terminar com sua vida no dia 20 de dezembro em Buenos Aires.
 


Avião de reconhecimento do Graf Spee
 
Caracterísiticas do encouraçado de bolso Admiral Graf Spee
Nacionalidade: Alemanha - constriução em 1936
Dimensõess: 186 metros de comprimento; 20,6 metros de boca e 7,2 metros de calado.
Peso: 16.000 toneladas a plena carga

Motor: 8 grupos diesel, de dois hélices
 
Autonomía: 37.040 km. a 15 nos
Velocidade: 26 nós
Capacidade: 926 tripulantes
Blindagem: 76 mm. no casco; 76-140 mm. nas torres; 38 mm. na coberta
Armamento: Seis canhões de 279 mm.; 8 canhões de 150 mm.
 
Têlemetro utilizado para os cálculos de tiro, uma lente em cada extremidade servia para ajuste da mira.
O telêmetro ao ser resgatado do rio da Prata.
 
Canhões que equipavam o Graf Spee.
 

Por: Vinicius Claret
Videografista submarino desde 1994
Fotógrafo amador
Mergulhador desde 1985, tendo feito vários cursos de especialização, sendo o último de trimix.

Para saber mais:

Graf Spee

Especial - 2ª Guerra Mundial.
Popa.com.br - A Batalha do Rio da Prata
http://www.artehistoria.com/frames.htm