Hoki Maru

Chuuk Lagoon

Micronésia - janeiro de 2017
 

Naufrágios de Chuuk Lagoon

Amagisan Maru, Betty Bomber G4M1, Fujikawa Maru , Fumitzuki Destroyer, Heain Maru,I - 169 Submarino ,
Kensho maru,
Kiyosumi Maru, Nippo Maru, Rio de Janeiro Maru, San Francisco Maru, Sankisan Maru, Shinkoku Maru, Yamagiri Maru

Outros naufrágios de Chuuk Lagoon

 

Histórico

O Hoki Maru foi construído em 1921 nos estaleiros William Denny &Bros de Dumbarton na Escócia, para a companhia Neo Zelandesa União Steamship Corporation Ltd. e batizado como M/V Hauraki, (homenageando o Golfo da Nova Zelândia com o mesmo nome)
. Foi o primeiro navio com máquinas a diesel (Twin screw oil, 2 x 8 cylinder 4 stroke SA 936 nhp - Engine builder North British Diesel Engineering Works Whitehal) da companhia.
Lançado ao mar em novembro de 1921 entrou em serviço em maio de 1923 dedicado ao comércio transpacífico, principalmente para a Austrália e ilhas do Pacífico. Ele era tripulado por 50 homens e transportava até 12 passageiros.
Em 1940 foi requisitado pelo ministério dos transportes de guerra britânico, mas continuou seu serviço de comércio da empresa normalmente embora tenha sido utilizado para transporte de armamento e suprimentos de guerra em diversas viagens.
Em 07 de dezembro de 1941, os Estados Unidos e Japão entram em guerra após o ataque de Pearl Harbor.
Em julho de 1942 o Hauraki navegava entre a Austrália e o Sri Lanka quando foi atacado a tiros de canhão pelos navios mercantes armados Japoneses Aikoku (também afundado em Chuuk Lagoon) e Hokoku Maru.
Sem alternativas, a tripulação levantou bandeira branca rendendo o navio que foi capturado pelos japoneses.

 

Durante a abordagem e até durante a viagem, parte da tripulação de 50 neozelandeses sabotou as máquinas do navio, jogou ao mar as ferramentas, peças de reposição e os manuais das máquinas diesel, que eram novidades para a época.
O M/V Hauraki foi levado a reboque para o porto de Cingapura. Os 50 tripulantes foram presos e mantidos em vários campos de trabalhos forçados, se juntando a mais de 5000 marinheiros que foram feitos prisioneiros pelos japoneses.

 
Dimensões: 137,2 x 17,7 X 9,5 metros
Tonelagem bruta: 7.112 toneladas
Construção: 1921 Wm Denny & Bros. Dumbarton, Escócia
Tipo: cargueiro
Motores: 2 diesel de 8 cilindros, 4 tempos, 3550 hp, North
Diesel Company, 2 hélices, 12,6 nós

No final da guerra em 1945, apenas 24 sobreviventes da tripulação foram libertados.
Em dezembro de 44, após 18 meses de revisão do motor e reformas incluindo a adição de um convés à ponte de comando, os japoneses renomeiam o navio como Hoki Maru e ele foi designado para transportar material de guerra.

 

O Ataque

No final de janeiro de 1944, ela partiu de Yokohama com carvão, diesel, diversos caminhões, tratores e baterias de canhões para as fortificações das ilhas, material de apoio e pessoal para Chuuk, chegando no atol em 15 de fevereiro de 1944. Essa carga batizaria o Hoki Maru como bulldozers ship.

Na manhã do dia 17, quando estava ancorado ao largo da ilha de Eten foi atacado por bombardeiros de mergulho SBD-3 Dauntless do USS Essex e USS Yorktown As bombas atingiram bombordo e incendiaram parte do combustível que o navio transportava.
Um grande incêndio varreu a proa que foi devastada.
No meio do dia em um segundo ataque aviões torpedeiros
Grumman TBF Avenger do USS Bunker Hill atingiram fortemente o navio. As últimas fotos na tarde do dia 17 mostram o navio já afundando.

Durante a noite do dia 17 o Hoki Maru afundou totalmente. Ele foi o único navio afundado em Chuuk Lagoon que tinha sido capturado pelos japoneses.

 
O Hoki Maru incendiando após os ataques na manhã do dia 17 de fevereiro de 1944
 
Mapas segundo Daniel E. Bailey - World War II Wrecks of Truk Lagoon,
2000 North Valley Diver Publication
 

 

Mergulho - Profundidade: de 33 a 53 metros

O naufrágio está apoiado no fundo pela quilha, fragmentado à frente do casario pela explosão do combustível e o pouco que restou da proa está caído a boreste. O restante do casco está integro, ligeiramente adernado para boreste. Suas duas superestrutura encontram-se a 33 metros, o convés a 45 metros e o fundo está a 53 metros.
A proa está preservada mas afastada em 20 metros do conjunto principal dos destroços. Entre a proa e a meia-nau existe a boreste parte do casco e cavername explodido e envergado para fora pela força da explosão. A visão do cavename invertido é impressionante e permite visualizar o poder da destruição sobre o navio.
Todo o casario de meia-nau está destruído devido las explosões e por ele é possível o acesso a sala de máquinas.

Hoki Maru
Medidas - 137,2 metros / 7.112 toneladas
Construção - 1921

Afundamento - 17.02.1944

 

 

Croqui do Capt. Lance Higgs S.S. Thorfinn - modificado
 
 
Costado de boreste virado para fora (veja o cavername envergado para fora)
pela força da explosão do combustível, que partiu o navio
 
Costado junto a borda de bombordo, mostrando um dos turcos,
a frente do casario onde o navio está partido
 
No porão número 4 existe uma carga que inclui, bombas, munições, toneis de combustível e recipientes (com alças) de ácido.
Descoberto em 1973 é conhecido como “O Bulldozer Ship” por causa da carga de tratores e caminhões organizados nos diversos níveis do interior do porão Nº 5.
Das estivas superiores para baixo estão dois tratores pequenos de esteira e lâmina (tipo retroescavadeira), quatro caminhões (Isuzu, Tipo 94) de transporte de tropas, um rolo compressor, dois tratores e outros veículos de construção.
Além disso o navio está repleto de artefatos, grandes pilhas de louça e garrafas de cerveja.
Gasolina e outras substâncias cáusticas ainda escoam eventualmente para a superfície.
Na popa, hélice e o grande leme ainda são visíveis.

 
Escavadeira Caterpillar ou Komatsu G40 - Bulldozer - essas máquinas acabaram por caracterizar esse naufrágio
 
Faça seu Curso de Mergulho em Naufrágio com quem se dedica a atividade

Não desperdice seu dinheiro com conhecimentos genéricos


Instrutor: Maurício Carvalho - 30 anos de experiência - Especialidade levada a sério!
 
No porão 5 são quatro caminhões (Isuzu, Tipo 94) de transporte de tropas, mas que também serviam a outras funções, inclusive com a montagem de canhões anti aéreos
 
Bombas e muita munição no porão 4
Toneis de combustível e recipiantes de áciods estão estocados no porão 4
 
A fauna muito variada apresenta o mesmo padrão dos demais navios de Chuuk Lagoon, muitos peixes recifais e fauna incrustrante como esponjas, corais e anêmonas
 

 

Volta a página de Chuuk Lagoon

Living aboard Odyssey
 
s