Yamagiri Maru

Chuuk Lagoon

Micronésia - janeiro de 2017
 

Naufrágios de Chuuk Lagoon

Amagisan Maru, Betty Bomber G4M1, Fujikawa Maru , Fumitzuki Destroyer, Heain Maru, Hoki Maru, I - 169 Submarino ,
Kensho maru,
Kiyosumi Maru, Nippo Maru, Rio de Janeiro Maru, San Francisco Maru, Sankisan Maru, Shinkoku Maru

Outros naufrágios de Chuuk Lagoon

 

Histórico
Este paquete misto com 133 metros de comprimento e 6.438 toneladas foi construído a partir de 1937 nos estaleiros Mitsubishi Heavy Industries em Yokohama para a empresa Yamashita Steamship Comp. da cidade de Kobe. Foi lançado em 3 de maio de 1939 e entre o final de 1939 e 1940 o navio foi vendido para a empresa Yamashita Kisen Line (KK).A palavra "Yamagiri" significa corte na montanha e "Maru" navio mercante.
Em 15 de setembro 1941 foi requisitado pela a marinha imperial japponesa, devido a sua grande capacidade de carga com seis grandes porões, foi convertido em cargueiro militar, passando a realizar serviço de transporte e abastecimento entre as ilhas Salomão e as Ilhas Carolina.
Em agosto de 1943 navegando do Japão para Palau, o Yamagiri Maru foi localizado pelo submarino americano USS Drum, que disparou dois torpedos. O navio atingido, foi fortemente danificado e deveria ser levado para reparos para Rabaul (Nova Guiné), mas como o porto de Rabaul estava sofrendo ataques aéreos por bombardeiros aliados quase diariamente, ele navegou ou foi rebocado para Chuuk Lagoon para conserto.
O Yamagiri permaneceu sob reparo por dois meses nas oficinas da ilha Fefan até que a em 17 e 18 de fevereiro de 1944 se iniciou a operação Hailstone.

O Ataque

 

No dia 17 o Yamagiri Maru, ainda ancorado a cerca de uma milha da costa noroeste da ilha Fefan (posição latitude 7°23 '00.2 norte e longitude 151°49' 17,4 leste - datun WGS84) foi atingido por bombardeiros de mergulho SBD-3 Dauntless do porta aviões USS Yorktown.
Bombas de 500 libras atingiram o navio bem no centro e fotos de reconhecimento na tarde do dia 17, já mostravam o navio com a popa afundada e fazendo muita fumaça.

 
Dimensões: 133 x 17.4 metros
Tonelagem bruta: 6.438 toneladas
Construção: abril de 1938, Kobe Yamashita Steamship Co, Kobe
Tipo: paquete misto
Máquinas: diesel, 6 cilindros, Mitsubishi de 1166 n.h.p, 1 hélice
Armamento: canhão (proa)

No dia seguinte, ele foi novamente atingido por duas bombas de 500 e 1000 libras lançadas de uma altitude de 500 pés por dois Curtis Helldivers do USS Bunker Hill, resultando em uma grande explosão e forte incêndio. A coluna de fumaça subiu a mais de 1.500 metros.
Os incêndios se espalharam provavelmente causado explosões secundárias e o Yamagiri afundou pela popa rapidamente. Doze de seus tripulantes morreram.

     

Yamato

Musashi
 
Munições de 18,1 pol e canhão do Musashi
 
Mapas segundo Daniel E. Bailey - World War II Wrecks of Truk Lagoon,
2000 North Valley Diver Publication
 
A classe de encouraçados Yamato foi constituída de dois grandes navios, o Yamato e o Musashi, os maiores navios japoneses da Segunda Guerra Mundial com 72.800 toneladas.
Eles foram construídos pelos estaleiros do Arsenal Naval de Kure. Neles estavam montados os maiores canhões navais da época. Com munições de 18,1 pol e 3,219 libras (projéteis de 456 mm de diâmetro e 1.460 Kg), que podiam atingir e perfurar as blindagens de encouraçados ou outros alvos a mais de 23 milhas de distância.
No porão 5 do Yamagiri Maru estão as munições de 18,1 pol e 3,219 lb. com mais 1 metro de comprimento (maiores já produzidos para navios) desses canhões.
Na foto da direira para comparação munição do Missouri que possuia 16 polegadas e 1225 kg.

 

 

     

Mergulho - Profundidade: de 15 a 34 metros

O Yamagiri está caído sobre o costado de bombordo em um fundo de 34 metros, o costado de boreste encontra-se entre 15 e 12 metros. Entre o 1º e 2º porões no costado de boreste está um grande rombo que liga os dois porões com o exterior, criando uma grande passagem do convés ao casco, provavelmente causado durante o ataque.
Na proa, o canhão ainda existe, mas está caído na areia.
No casario central está a ponte de comando vazia e por trás da chaminé, existe um acesso a sala de máquinas, no seu interior um motor é muito grande.
Uma das características mais interessantes do Yamagiri está no porão 5, onde estão a cerca de 30 metros os grandes obuses penetrantes de artilharia de 18 polegadas e 3,219 libras (projéteis de mais 1 metro de comprimento e 456 mm de diâmetro e 1.460 Kg cada). Há pelo menos 30 grandes balas para os canhão dos grandes navios de guerra japoneses, os encouraçados Yamato e Musashi (72.800 toneladas).
Os cartuchos eram capazes de enviar um projétil a 42 km, junto com os obuses, os cartuchos estão espalhados na parede e chão do porão ou no lado do túnel do eixo. Alguns estão contidos em sua embalagem originais de metal cilíndrica.
Também existem na parte inferior do porão de popa equipamentos de construção, compressores de ar, equipamentos de carga e muitos tambores de combustível.
Muita munição de diversos calibres de armas dos navios de guerra. Uma âncora de reposição na popa na frente da popa.


Yamagiri Maru
Medidas: 133 metros / 6.438 toneladas
Construção: abril de 1938,

Afundamento - 18.02.1944

 

 

Croqui do Capt. Lance Higgs S.S. Thorfinn - modificado
 

 
Grande rombo que liga os porões 1 e 2 ao exterior do casco
deve ser sido uma das causas do naufrágio
Muitas chapas do casario já estão caindo
indicando uma penetração perigosa
O Yamagiri Maru é um dos navios com
maior biodiversidade
 

No interior do porão Nº 5 estão cerca de 30 projéteis de 3,219 libras (1.460 Kg)
do canhões de 18,1 polegadas (456 mm) do Yamato e Musashi

Muitas caixas de cartuchos de munição
estão em vários navios
 
Faça seu Curso de Mergulho em Naufrágio com quem se dedica a atividade

Seu tempo de fundo é precioso, treine seus olhos


Instrutor: Maurício Carvalho - 30 anos de experiência - Especialidade levada a sério!
 
Muitas espécies diferentes de gorgônias, corais e anêmonas colonizam o casco e todos os artefatos expostos
     
A biodiversidade de peixes recifais é muito grande neste naufrágio
 

 

Volta a página de Chuuk Lagoon

Living aboard Odyssey
 
I 169 Heain Maru