NAUFRÁGIOS DO BRASIL

Rio Grande do Sul | Santa Catarina | Paraná | São Paulo | Rio de Janeiro |
Espírito Santo | Bahia | Sergipe | Alagoas | Pernambuco | Fernando de Noronha |
Paraíba
|Rio Grande do Norte | Ceará | Piauí | Maranhão |

Os naufrágios apresentados nesta seção são apenas os de interesse turístico e
com reais condições de mergulho de turísmo e lazer.
Todos os naufrágios detalhados foram visitados e avaliados pelo Instrutor Maurício Carvalho.
 
Os nomes dos naufrágios escritos entre "aspas" são designações populares e locais.
Os nomes escritos entre (parênteses) são os nomes oficiais dos navios.
 
RIO GRANDE DO SUL
 
 
SANTA CATARINA :
 
PARANÁ :
 
SÃO PAULO:

Litoral de Santos

 

Ilha Bela

 
RIO DE JANEIRO:

Costa Verde

Cidade do Rio

Região dos Lagos

 
ESPÍRITO SANTO:
 
BAHIA:

Cidade de Salvador

Sul da Bahia

 
ALAGOAS:
 
SERGIPE:
 
 
PERNAMBUCO:
 
FERNANDO DE NORONHA:
 
RIO GRANDE DO NORTE
 
 
PARAÍBA

 

 
CEARÁ
 
PIAUÍ
 
MARANHÃO
 
 

Os navios afundados guardam em suas estruturas todo mistério e excitamento dos tempos em que, pelas mãos de seus bravos marinheiros, singravam os mares e oceanos transportando valiosas mercadorias ou envolvidos em sangrentas escaramuças.

Quando nadamos calmamente por seus passadiços e corredores, apenas com o som de nossa respiração, podemos sentir a mágica presença humana que tão efemeramente cedeu lugar a incontáveis formas de vida, que agora colonizam os destroços.

Com suas cores cintilantes, esses animais emolduram um cenário enigmático que, como um vírus, contamina muitos mergulhadores, os quais se tornam para sempre apaixonados por esses despojos subaquáticos, dedicando-se com "hobby" ou a trabalho a descobrí-los e explorá-los, trazendo à superfície uma úmida lembrança do passado.

No entanto, não há somente a aura de mistério envolvendo a exploração de um naufrágio. Uma série de técnicas devem ser usadas para localiza-los e permitir incursões seguras a esses destroços. Muitas vezes a falta de dados de localização, profundidade, a necessidade de penetração, a escuridão e o sedimento que cobre o navio, tornam o mergulho em naufrágio um tarefa difícil.
Com a aplicação da técnica correta, incursões a estes cascos soçobrados são excitantes e seguras, onde não se fica enjoado do local, já que cada nova visita pode guardar incríveis surpresas.

Maurício Carvalho